Redes Sociais na Hotelaria: descubra como atrair mais reservas

Quantas pessoas você conhece que utiliza redes sociais na hotelaria ou para outras funções? Com certeza a maioria, acertamos? Essa tendência é mundial e pode ser uma ótima ferramenta para seu negócio.

Um levantamento feito pela Hootsuite e We Are Social mostra que 40% da população mundial atualmente utiliza pelo menos uma plataforma social ativamente. A pesquisa ainda apontou que metade desse grupo utiliza apenas o Facebook. Em seguida encontramos o Youtube e WhatsApp. O Instagram aparece em sétima posição, em uma lista com 23 sites.

Sabendo dessa estatística, você consegue nos responder se as redes sociais na hotelaria são aproveitadas completamente? As redes sociais são uma das cinco principais estratégias do marketing digital hoteleiro e com a maioria das funcionalidades totalmente gratuitas.

Hoje todas as redes sociais permitem que façamos uma gestão completa, com canais de reserva, compartilhamentos de fotografias ideais do espaço, comentários, reviews, etc. Não estar atento a tudo isso é deixar passar a possibilidade de um retorno financeiro considerável.

Por isso, criamos esse post para ajudar a sanar todas as suas dúvidas.

Primeiro passo: descubra as redes sociais dos seus hóspedes

Um erro comum é utilizar perfis em todas as redes sociais sem saber se aquele canal é o mais utilizado pelo seu público-alvo. O mais indicado é investir um volume maior de tempo e dinheiro em uma plataforma onde você terá mais sucesso e será mais facilmente visto.

O primeiro passo, portanto, é descobrir quais as redes sociais dos seus hóspedes.

Se você tem um público mais jovem, por exemplo, investir em posts instantâneos através do Instagram é uma ótima estratégia. Para fechar reservas online com a geração Millenium você precisa ofertar o que eles gostam: informações rápidas e dinâmicas. Os Stories têm se tornado cada vez mais popular e não pode ser deixado de lado na sua estratégia.

Vamos ver então as principais redes sociais e suas características.

Principais redes sociais para hotelaria

Tudo bem, sabemos que você pode estar um pouco perdido sem saber que redes sociais são essas. Criamos então uma lista com as principais redes sociais na hotelaria utilizadas por empresas brasileiras. Contamos também um pouco sobre cada uma delas e qual o perfil de usuário. A partir das informações abaixo, você já terá uma boa noção sobre por onde começar seu marketing hoteleiro.

Facebook

O Facebook conta hoje com 2 bilhões de usuários cadastrados no mundo inteiro, onde 130 milhões são brasileiros. Quando se fala em estratégia, as empresas têm investido muito nessa rede por ser bastante popular e trazer uma interação completa com o usuário.

Contudo, com a instantaneidade de outras plataformas, a pesquisa no Facebook tem caído um pouco no último ano. Ainda assim, não é nada indicado deixar de fora da sua estratégia. O portal ainda oferece uma gama de métrica que dá para traçar um perfil completo de usuário da sua fanpage e direcionar melhor seu planejamento.

Para divulgações impulsionadas (pagas) e anúncios você conseguirá bem definir os interesses do seu público, localização, e até subir lista de e-mails para criar um público correlato e acertar melhor o alcance das suas postagens.

Usuários do Facebook são pessoas que buscam informações completas, densas e que nem sempre querem pesquisar diretamente o Google. Para quem deseja aumentar as visualizações de site e outras páginas, essa é a melhor rede atualmente, pois a sua função de compartilhar posts e notícias traz bastante retorno para o estabelecimento.

O público usuário do Facebook é bastante variado e amplo. Tem crescido muito nos últimos anos a participação da terceira idade nessa rede sociais e caído o número de adolescentes.

WhatsApp

O WhatsApp acumula 120 milhões de usuários no Brasil e já deixou de ser um aplicativo apenas para troca de mensagens instantâneas. Com o lançamento do WhatsApp Business, em 2017, o número de empresas ativas na plataforma só aumentou.

O hotel pode criar uma Lista de Transmissão, encaminhando promoções e descontos exclusivos e em primeira mão, por exemplo. Já imaginou como essa comunicação direta com seu hóspede pode melhorar as suas reservas diretas? É uma ótima dica, principalmente para fechar reservas na baixa temporada.

O WhatsApp gera uma interação maior com o hóspede. Ele pode tirar dúvidas sobre preços e o estabelecimento sem aguardar muitos minutos, como geralmente acontece com o e-mail e outros canais de mensagens.

Só atenção: por ser uma rede social mais pessoal, pois é vinculada ao número de telefone, não saia por aí adicionando seus hóspedes em grupos e mandando propagandas aleatórias sem autorização dos mesmos!

BÔNUS DE LEITURA: EBOOK GUIA DE HOSPITALIDADE PÓS COVID-19

O mercado digital e físico da hostelaria passou por diversas mudanças e nós colocamos todas essas mudanças importantes em um ebook gratuito. Confira todo o neecssário que você precisa para se atualizar nesse período. Há muitas dicas bacanas e exclusivas.

Em nosso [Ebook Gratuito] Guia de Hospitalidade Pós Covid-19, nós falamos muito sobre as melhores práticas para hotéis, pousadas e hostels passar por essa fase do novo normal e trazer uma nova rotina para o cotidiano da hotelaria!

YouTube

O YouTube tem uma popularidade aparentemente tímida, se compararmos com outras plataformas. São 98 milhões de usuários ativos no país, mas deixar esse canal de fora da sua estratégia pode levá-lo a perder boas oportunidades.

A rede de vídeos permite ao usuário conhecer visualmente seu espaço, a sua cidade e obter diversas outras informações, por exemplo. Dá para investir em vídeos institucionais ou promocionais com bons retornos.

Os anúncios são mais custos, principalmente pensando que criar vídeos profissionais requer investimento de tempo ou dinheiro se for contratar alguém.

O YouTube é um canal onde o público é variado e as buscas ocorrem, principalmente, para dicas de destino, o que fazer em um lugar e ver as experiências que podem ser vivenciadas durante uma viagem. Se sua decisão for por esse canal, pense nesse tipo de conteúdo.

Instagram

A maior rede de compartilhamento de fotos do mundo também não podia ficar de fora da nossa lista. São 61 milhões de usuários no Brasil, que desejam ver fotos, vídeos, transmissões ao vivo, etc. Tudo o que possa deixar seu público mais próximo do estabelecimento.

Apesar de ter uma variação etária muito grande entre os usuários, o maior público do Instagram ainda está entre os 20 e 40 anos. Se você quer também investir em uma comunicação mais humanizada e instantânea, o Instagram é uma ótima ferramenta para o marketing hoteleiro.

O Instagram virou Ferramenta poderosa para hotelaria, e atualmente ele conta com mais de 200 milhões de usuários ativos no mundo inteiro e dicas de instagram para bombar o seu hotel ou pousada são sempre bem vindas. Confira nossa postagem especial 6 dicas de Instagram para bombar seu hotel ou pousada!

Os Stories estão crescendo, por mostrarem em tempo real o local, os acontecimentos e também engajam com perguntas, sugestões e dicas que saem do ar em 24 horas.

Em julho desse ano foi lançado também o IGTV, que é uma espécie de canal de televisão do Instagram. Os vídeos são verticais, diferentes do YouTube. O hotel pode publicar quantos vídeos quiser e eles ficam disponíveis para visualização no canal por tempo indeterminado. Ótimo para apresentar informações do seu destino de maneira inovadora e diferente.

Twitter

Há quem ache que o Twitter está em desuso, mas isso não é bem uma verdade. Concordamos que houve uma queda de usuários desde 2013, mas ainda há 330 milhões de pessoas ativas na plataforma ao redor do mundo. Aqui no Brasil esse número está em cerca de 30 milhões de usuários.

Para quem pensa em fazer gestão de Branding, o Twitter é considerado um site promissor. Através da rede você consegue trabalhar bem a marca do seu hotel e ter respostas bastante positivas dos usuários.

Porém, essa rede sociais requer uma interação maior, em tempo real de acontecimentos, com uma dinâmica rápida de tuítes e re-tuítes. Com isso, a manutenção e atualização do perfil requer um maior tempo de dedicação.

O público atuante na rede é, principalmente, entre 16 e 30 anos.

LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social corporativa e, se esse é seu público, você precisa traçar uma estratégia também para esse portal. Hoje são 29 milhões de usuários brasileiros, buscando benefícios para empresas ou clientes empresariais.

Além de ser uma ótima rede para difundir a marca para o público citado anteriormente, o LinkedIn também é uma ferramenta poderosa para quem deseja aumentar a networking, com parcerias promissoras. Você encontrará perfis de empresas de todos os portes, além de agências, guias de turismo, restaurantes, entre outros.

Os anúncios do LinkedIn são mais caros que de outras redes (mínimo R$ 20,00 por dia), mas você conseguirá segmentar bem seu público e focar os anúncios para quem interessa.

Google+ e Google Meu Negócio

A rede social do Google, o Plus, nunca foi muito utilizada pelo público em geral. Seu acesso era mais difícil e não emplacou. Porém, ela contou muito para o posicionamento da marca em relação às pesquisas orgânicas.

Já o Google Meu Negócio, apesar de não ser uma rede social em si, é fundamental para a visibilidade e reservas diretas do hotel. Primeiro que é a ficha cadastrar que aparecerá em destaque nas pesquisas orgânicas e no Maps. Segundo, que é nela que estão suas principais informações públicas incluindo fotos, descrições, endereço, contatos e avaliações de outros hóspedes (que contam muito para a decisão de outros viajantes).

E o Google Meu Negócio ganhou ainda mais destaque com o Google Hotel Ads, onde na ficha aparece o link direto para realizar a reserva no seu web site.

O Google Meu Negócio recentemente começou a atuar também com postagens sobre o local, como promoções, dicas e informações úteis aos usuários. Ótimo espaço para divulgar pacotes promocionais, descontos, eventos e novidades do seu estabelecimento.

Esse canal só cresce e é fundamental que você o utilize para subir seu ranking e conquistar mais visitantes para o seu web site.

TripAdvisor

O TripAdvisor é uma das redes sociais na hotelaria de maior importância. Apesar de não ser exclusiva para hotéis, é uma rede de viajantes, sendo o maior portal de reviews do mundo! É aqui que seu cliente pesquisará com maior frequência como está a imagem do estabelecimento, avaliações, notas e comentários de outros turistas.

Sendo assim, tenha um perfil completo, que sempre responde elogios e críticas, que publica promoções e outras ações para ter uma resposta mais rapidamente nas suas reservas diretas.

Pinterest

Além das redes sociais acima, não podemos deixar de destacar o Pinterest. Essa plataforma, apesar de tímida, tem apresentado um crescimento considerável e vale a pena ficar de olho como potenciais canais em um futuro próximo.

O compartilhamento dela é voltada para infográficos e imagens, sendo que na área de turismo a apresentação do conteúdo é em roteiros, por exemplo, ou dicas do que visitar.

público é, principalmente, feminino entre 30 e 50 anos e que gosta de planejar sozinho uma viagem, pois no início o Pinterest foi criado para compartilhar dicas e tutoriais de “faça você mesmo” (Do It Yourself em inglês).

Gostou do nosso conteúdo? Confira mais desse tipo em nosso Instagram e não esqueça de nos seguir por lá.

2 respostas

Os comentários estão desabilitados.