Os Benefícios do Azeite de Oliva para a saúde e o corpo

Entre os óleos comestíveis comercializados mundialmente, o azeite de oliva é um dos mais importantes e antigos do mundo e muito utilizado na culinária mediterrânea.

É rico em ácidos graxos monoinsaturados, principalmente o oleico (ômega-9), que possuem propriedades de reduzir concentrações sanguíneas de LDL (ou “mau” colesterol) e aumentar o HDL (“bom” colesterol).

Por isso, criamos uma matéria muito bacana sobre os benefícios do azeite oliva e como sua ação pode ajudar diversas partes do nosso corpo!

Conheça 8 benefícios do azeite de oliva

  • Auxilia no controle da diabetes
  • Auxilia no emagrecimento
  • Aumenta os níveis do bom colesterol (HDL)
  • Protege o coração
  • Previne o envelhecimento precoce
  • Faz bem para a pele e os cabelos
  • Faz bem para a saúde como um todo

Benefícios em estudo 

O azeito de oliva pode evitar o Alzheimer: a doença neurodegenerativa causa deterioração das funções cerebrais e prejudica a memória e a linguagem. Uma das suas características é o acúmulo de placas beta-amilóides nas células do cérebro.

Um estudo realizado com cobaias mostrou que uma substância presente no azeite (oleocanthal) pode remover essas placas e prevenir a doença. Mas ainda faltam estudos com humanos que comprovem a relação do azeite com a diminuição do risco de Alzheimer.

Protege contra câncer: os antioxidantes presentes no azeite ajudam a reduzir o dano oxidativo provocado pelos radicais livres ao organismo, que é o principal fator de risco para diferentes tipos de câncer. Há diversos estudos realizados em todo o mundo que mostram que alguns compostos do azeite combatem as células malignas.

De acordo com um estudo, os polifenois do azeite destroem uma proteína que aciona o gene HER2, responsável pelo surgimento do câncer de mama. Há também trabalhos que relacionam o consumo do alimento com a diminuição do câncer colorretal.

Combate bactérias: uma pesquisa realizada em tubos de ensaio mostrou que o azeite extravirgem combate algumas bactérias no organismo. Um outro estudo realizado em humanos comprovou que 30 g por dia do óleo ajudam a combater a Helicobacter pylori, uma bactéria que se encontra no estômago e causa úlceras e até câncer.

Coadjuvante no controle do peso: o consumo de azeite pode ajudar a baixar o ponteiro da balança. Algumas pesquisas relacionam a dieta mediterrânea, rica em azeite, com o controle do peso. Mas não se deve abusar: cada grama do alimento apresenta 9 calorias, e a ingestão em excesso pode prejudicar quem está querendo emagrecer.

Vale destacar que nenhum alimento isolado consegue fazer a pessoa emagrecer. O segredo para a perda e o controle de peso é consumir menos calorias do que se gasta, priorizar alimentos saudáveis e frescos e praticar atividade física regularmente.

Na hora da compra, opte pelo produto que venha em embalagem escura ou de vidro. Ela impede a entrada da luz e não compromete as propriedades do alimento. Prefira os azeites puros, sem mistura com outros óleos. Por isso, não se esqueça de olhar o rótulo na hora da compra.

Gostou do conteúdo? Não esqueça também de ler sobre as dicas para reduzir o consumo de sal no dia-a-dia em nosso Blog BOMSABOR.

Siga nossas redes sociais e fique por dentro de mais conteúdo importante sobre alimentação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *