Alimentos Dicas

Dicas para reduzir o consumo de sal no dia a dia

Dicas para reduzir o consumo de sal no dia a dia

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que a ingestão diária de sal seja de apenas 5 gramas, o que representa 2.000 miligramas de sódio. No entanto, o consumo médio do brasileiro ainda é de 12 gramas por dia!

Nós, da Bom Sabor, já reduzimos o conteúdo dos nossos sachês de sal, de 1 grama para 0.8 gramas, uma redução de 20% para a sua saúde. Agora, estamos trazendo um conteúdo especial para você com dicas para reduzir o consumo de sal no dia a dia

Mas o que fazer de fato para reduzir o consumo de sal?

Tire o saleiro da mesa. Mantenha o sal longe da vista e ajude a reduzir a vontade de acrescentar sódio à comida. Experimente a comida antes de colocar mais tempero à preparação. Isso acontece de forma automática ou por força do hábito.

Peça comida com menos sal. Em restaurantes, solicite que a sua comida seja feita com menos sal. Evite os alimentos com alto teor de sódio.

Reeduque seu paladar. Desacostume de uma quantidade elevada de sal.
Tente diminuir gradualmente para se acostumar a comidas menos salgadas.

Leia os rótulos das embalagens para escolher os alimentos com menor teor de sódio. Evite usar temperos em pó ou caldo. Esses produtos possuem alta quantidade de sódio.

Substituir o sal por ervas e especiarias

Para se obter bons sabores, reduzindo a quantidade de sal, pode-se usar especiarias e ervas à vontade, como cominho, alho, cebola, salsinha, pimenta, orégão, manjericão, folhas de louro ou gengibre, por exemplo.

Além disso pode-se usar suco de limão e vinagre para a comida ficar mais apetitosa, preparando os temperos com antecedência de no mínimo 2 horas para o sabor ficar mais apurado ou esfregar as especiarias nos próprios alimentos para ficar mais forte o sabor, misturando com frutas frescas.

Algumas formas de confeccionar os alimentos e dar sabor à comida sem usar sal, podem ser:

  • No arroz ou na massa: uma opção é adicionar orégano, cominho, alho, cebola ou açafrão;
  • Nas sopas: pode-se acrescentar tomilho, curry ou páprica;
  • Nas carnes e nas aves: pode-se adicionar pimenta, alecrim, sálvia ou sementes de papoula durante o preparo;
  • No peixe: uma opção é acrescentar gergelim, louro e suco de limão;
  • Nas saladas e hortaliças cozidas: pode-se colocar vinagre, alho, cebolinha, estragão e colorau.

Deve-se reduzir gradualmente a quantidade de sal para dar tempo às papilas gustativas e ao cérebro para se adaptarem ao novo sabor e, normalmente, ao final de 3 semanas, já se consegue tolerar a alteração do sabor.

Sendo assim, se você gostou do conteúdo, siga-nos no Instagram e Facebook e visite também a Homepage do nosso Blog BOM SABOR com muito conteúdo interessante para sua saúde.

Sobre o autor

Bom Sabor