Sem categoria

Investir em programa de qualidade de vida e ginástica laboral específica para varejo é um investimento que compensa

Escrito por admin_bomsabor

Com a crise que afetou o país nos últimos anos, o varejista sentiu a necessidade de se moldar, e nesta adequação, ocorreram mudanças no modelo de gestão que fez com que houvesse um aumento da produtividade, fazendo com que a sobrevivência das empresas estivesse atrelada à sua capacidade de captar, absorver e responder as demandas requeridas pelo novo ambiente cada vez mais competitivo. Isso solicita especificamente às organizações com fins lucrativos, adaptação ao novo cenário.

As empresas têm que ser competitivas, não obstante, têm que se preocupar com as pessoas, porque é através do comprometimento dos colaboradores com as propostas da empresa, que os resultados serão atingidos. O varejo, por sua vez possui uma importância significativa dentro do cenário econômico no país não só no ponto de vista econômico, mas social também, haja vista, que considerado como uma das maiores indústrias nacionais em termos de emprego. Dentro dessa perspectiva, as ações dos varejistas estão voltadas para a contratação de pessoas com habilidades para desempenhar suas atividades em um Mercado dinâmico que sofre constantes mudanças.

Os varejistas utilizam estratégias pra tornarem-se concorrentes fortes, para isso não podem focar seu desempenho apenas na satisfação do cliente, embora seja este fator de grande relevância.

Mas, sobretudo, também conhecer seus concorrentes e as estratégias que serão utilizadas por eles, evitando que os mesmos atraiam seus clientes. Logo, pode ser um diferencial do varejo a prestação de serviço, por isso investir em treinamento, capacitação profissional e atenção a Qualidade de Vida no Trabalho de seus colaboradores certamente é um investimento que compensa.

As organizações estão vendo os colaboradores como elementos estratégicos para obterem vantagem competitiva. Podemos ressaltar a questão da necessidade de programar ações que propiciem a Qualidade de Vida do Trabalhador. Com isso, torna-se quase que uma obrigatoriedade às organizações de hoje, a missão de aprimorar essa ação com seus colaboradores. Esse investimento se faz necessário para não comprometer sua sobrevivência no mercado global cada vez mais exigente de produtos com qualidade, produção rápida e eficiente.

Dentro dessas ações, pode-se destacar campanhas para adquirir um estilo de vida saudável atrelada à uma alimentação equilibrada x atividade física aderindo hábitos que vão ao encontro do slogan: “Cuide da saúde da sua empresa cuidando da saúde do seu colaborador”. Ações educativas como por exemplo: oferecer um cardápio equilibrado, campanhas que orientem sobre hábitos saudáveis através de palestras ou informativos em murais que incentivem o consumo de alimentos “in natura” e reduza os ultraprocessados como: snacks, embutidos, enlatados entre outros, além de reduzir o consumo de sódio e carboidratos simples, aumentar o consumo de água, além de outras condutas que levarão a uma vida mais saudável, onde o colaborar terá mais disposição para trabalhar, adoecerá menos e terá uma vida mais feliz.

Implementar neste programa de Qualidade de Vida do Trabalhador a Ginástica Laboral é um diferencial que, segundo diversas pesquisas, resultará em melhoras significativas na saúde do colaborador nos aspectos social, físico e psicológico.

As aulas de Ginástica Laboral têm duração de 15 a 20 minutos e são compostas por exercícios de alongamento, relaxamento, mobilidade articular, resistência muscular localizada, além de dinâmicas e automassagem, desenvolvidas especificamente para cada departamento da empresa com o intuito de desenvolver em todos os colaboradores de acordo com a sua atividade a consciência corporal, essencial para a economia de esforço durante a jornada de trabalho, resultando na redução de dores musculares.

As vantagens para os empresários estão na promoção da integração no ambiente de trabalho, na prevenção de doenças ocupacionais, além de outras vantagens como:

in   Aumento de 2 a 5% na produtividade;

in   Redução de 20 a 25% nos acidentes;

in   Redução de 10 a 15% no Turnover (rotatividade de colaboradores na empresa);

in   Redução de 10 a 15% nas faltas ao serviço.

Pesquisa realizada em grandes empresas que oferecem o programa Ginástica Laboral e Qualidade de Vida aos funcionários.

Fonte: Ministério do Trabalho

Então podemos concluir que um programa de Qualidade de Vida enfatizando a educação nutricional atrelado à ginástica laboral proporcionará benefícios tanto para o colaborador como para o empregador no varejo, tornando a equipe mais saudável nos aspectos físico, emocional e social. Aposte nesta ideia.

 

Por: Fernanda Stinchi – Fundadora da Fernanda StinchiConsultoria
em Negócios de Alimentação e da Foco & Saber Cursos e Treinamentos,
Nutricionista, Gastrônoma e Coach, há 15 anos trabalha com projeção
e desenvolvimento de novos negócios e implementação de sistemas qualidade,
desenvolvimento de produtos e fornecedores estratégicos para Food Service e Varejo.

Por: Wilson Rescigno – Gerente Financeiro na Empresa Fernanda Stinchi Consultoria/Foco & Saber Cursos e Treinamentos, Profissional de Educação Física, Mestre em Engenharia Biomédica, Especialista em Ciências do Esporte, além de possuir o certificado de especialização do MBA Executivo em Negócios na área esportiva.

Fonte: EM FOCO Food Service- Marketing Nutricional 

Sobre o autor

admin_bomsabor

Deixe um comentário